UFF abre 50 vagas para curso de Engenharia em Petrópolis


 

 

O prefeito Rubens Bomtempo comemorou com a juventude petropolitana o lançamento do edital da Universidade Federal Fluminense (UFF), que abre 50 vagas para o curso de Bacharelado em Engenharia de Produção no Campus Petrópolis. A inscrição é gratuita e pode ser feita até as 12h do dia 20 de outubro pelo endereço eletrônico www.vestibular.uff/2015/ edital3. As aulas, em período integral, começam ainda este ano e a classificação exige pontuação mínima de 400 pontos em cada disciplina no Exame Nacional do Ensino Médio 2014 (ENEM).

 

“O sonho se tornou realidade. Trouxemos o primeiro campus da Universidade Federal Fluminense (UFF) para o município, garantindo um clima totalmente favorável ao desenvolvimento tecnológico, a pesquisas e à formação de mão de obra de qualidade. Essa é mais uma das grandes vitórias do povo petropolitano”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

 

A iniciativa vai permitir que o município tenha oferta de ensino público de qualidade a partir da Educação Infantil, chegando ao técnico, oferecido atualmente pelo CEFET – conquista de Bomtempo na sua segunda gestão como prefeito em 2008 -, até o doutorado, no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC).

 

Para realizar a inscrição, o candidato deve ter em mãos o CPF e o número de inscrição no Enem 2014. O resultado final será divulgado no dia 22de outubro, a partir das 16h, no endereço eletrônico www. vestibular.uff/2015/edital3.

 

Com carga horária de 3.660 horas, o curso de Engenharia de Produção da UFF, campus Petrópolis, será inovador. A aprendizagem será baseada em projetos garantindo sólida formação científica, tecnológica e profissional. A metodologia integrada e interdisciplinar privilegia o trabalho sob a óptica da sustentabilidade.

 

A grade curricular do curso está dividida em três núcleos de conteúdo. Básico: comum a todos os cursos de engenharia. Profissionalizantes: estudos necessários à formação do engenheiro de produção. Específicos: conhecimentos científicos, tecnológicos e instrumentais para a garantia do desenvolvimento das habilidades e capacidades desejadas para o profissional da Engenharia de Produção. Além disso, 420 horas de disciplinas optativas, estágio supervisionado, projeto final e atividades complementares também fazem parte da grade curricular.

 

“Há tempos os estudantes esperavam por esta conquista. Agora a formação superior pública e de qualidade está ao nosso alcance. Uma universidade federal como a UFF, com aulas presenciais e com um ensino de ótima qualidade, só aumenta a possibilidade de gerar mais empregos na cidade. Muitos jovens estão pensando no que farão assim que terminar o ensino médio e agora eles terão mais um motivo para acreditar no futuro em Petrópolis e na realização dos seus sonhos”, comemorou a estudante e presidente da Associação Petropolitana dos Estudantes, Caroline Chiavazzoli.




Assine nossa newsletter